Quem sou eu

Minha foto
Escrever é materializar a imaginação.

Postagem em destaque

Caminhando...

A busca pela imortalidade é solitária e triste. Atryu

Stagran

Instagram

Seguidores

TRADUTOR

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Por quê?












Sozinha sou eu mesma.
Não preciso fingir como faço diante de todos...

Queria que existisse amor bonito, queria que existisse alma gêmea, ai como eu queria ter meu amor ao meu lado...
Poder todos os dias o abraçar...mas tudo foi só mais uma ilusão, uma brincadeira de mal gosto que a vida fez comigo.
Sempre foi assim, por que  iria mudar dessa vez ?

Por que nasci para ter sentimentos? Por que não sou fria coma a pedra da montanha de gelo?
Por que tenho que sentir o gosto da minha alma tão amarga?

Tenho tanta raiva da minha existência que hoje meu maior desejo é ir embora para o outro lado. Fechar meus olhos e nunca mais sentir o gosto salgado na minha boca.

Desabafo com as letras, pois nasci para chorar... E apenas elas me entendem, ai que dor eu sinto, ai que angústia.... quero deixar esse corpo que me segura nessa dimensão tão triste em que sou obrigada a permanecer sozinha. Sozinha, pois sinto falta de um pedaço que de mim foi arrancado.
Acho que Deus me odeia por eu ter tantos pecados... ai que dor tão forte, como continuar assim, como?
Para que nasci? Tantos anos sem frutos, sou tão inútil...
Olho para a vida e não tem nada que me traga alegria, qual é o problema ? Existe solução?
Perguntas, é só o que predomina meu entendimento. Tudo parece uma fantasia, as pessoas parecem viver em seus mundos bobos, se satisfazem com tão pouco... Ou são todos atores como eu sou? Frases bonitas dizem que a Vida é um presente para nós, mas que presente é esse? Presente que dói sem parar...
Criança que chora com fome, adolescentes violentados na carne e na alma, adultos doentes e fingidos?
Mundo perverso..., hoje sei que aqui não tem nada para mim, nunca teve, nunca terá...

Cada amanhecer é apenas mais um dia longe do meu verdadeiro lar... só pode ser isso!

Ziel.



Nenhum comentário: