Quem sou eu

Minha foto
Escrever é materializar a imaginação.

Postagem em destaque

Caminhando...

A busca pela imortalidade é solitária e triste. Atryu

Stagran

Instagram

Seguidores

TRADUTOR

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Ponto final




Sussurros eram ouvidos há quase todo tempo, porém outra vós falava delicadamente ao meu ouvido, por momentos eu  escutava os gritos forte que as vozes cantavam , a melodia era linda como o canto das sereias. Meu coração quase saltava para fora do peito, me deixava numa excitação tão forte que meu corpo todo respondia aquela paixão incontrolável.
Não sei por quanto tempo ao certo, mas eu ficava hipnotizada pelas cantigas que a vós lançava ao pé de meu ouvido, no entanto eu pré-sentia alguma coisa errada naquilo tudo, meu coração não tinha paz, eu oscilava entre a fantasia enfeitada com lindas cores e a verdadeira realidade para a qual eu fui criada.
O tempo passava e eu era arrastada pelas correntes pesadas...
Tudo era posto diante dos meus olhos, mas mesmo assim eu queria sonhar com a fantasia a qual me iludia sem escrúpulos algum. Meus interior gritava na intenção de me alertar o quanto eu estava errada, porém eu estava apaixonada...Por isso não ligava, não me importava.
Quase deixei meus sonhos se transformarem em devaneios, fui tão longe que a volta se tornou terrível a ponto de pisar meu corpo inteiro.
Andei por vales escuros, descia cada vez mais fundo. Eu percebia, mas não queria aceitar aquilo que eu sempre soube... Tudo era claro para mim, mas para minha vergonha eu preferia a escuridão.
Quando estava totalmente em trevas densas, quando minha visão só enxergava a ilusão, então o meu Amigo me sacudiu, olhou dentro dos meus olhos, onde minha alma se escondia do mundo vil e disse carinhosamente: Você não precisa de olhos para enxergar...  Você tem a mim que olho por você, tuas lágrimas eu vi, teu pranto eu ouvi...
Deixei você andar na escuridão para que você pudesse sentir saudade de Mim, e quando esse sentimento estivesse equilibrado dentro de ti, Eu seria tua única esperança! Eu sempre soube do teu verdadeiro sentimento, sempre soube do teu amor por mim, você é quem ainda não sabia...
Quando você gritava sozinha em seu esconderijo secreto eu estava ali do seu lado ouvindo em silêncio, quando você pensava e se entregava à ilusão perversa eu sentia ciúmes, porém eu sabia que você me amava, pois eu conheço tudo que existe dentro do teu peito, e com paciência eu te esperava...

Pois o amor é paciente, tudo sofre, tudo perdoa...

Deixei você cavar tua própria cisterna e vi você bebendo de fontes sujas, mas eu sabia que no dia marcado eu teria você em meus braços novamente, e não precisei deixar você ir muito longe não, pois você sentiu minha falta e voltou correndo pedindo socorro...

O poço em que você entrou era fundo e sem fundo, mas eu entrei com você e andei com você por todos os vales, cada pedra que machucou teus pés eu sentia em mim a tua dor, e no momento exato você gritou por meu nome... Foi aí que eu te arranquei dos braços da escuridão, pois lá não é o teu lugar, teu lugar é ao meu lado, fui Eu quem te gerou e só Eu sei o que você realmente sente.
Ninguém vai tirar você de mim, porque teriam que Me destruir para destruir você!
Sou teu amado e você é minha, ninguém poderá desafiar-me... Meu amor é teu você é minha para sempre.

O labirinto acabou!
E ponto final.

Atryu.




2 comentários:

Marcelo.J. Roque disse...

mais um poema lindo romantico tem ate melancolia inserida com paixão que mor vc moça linda muito bom parabéns viu muito mas muito bom seu blog,deu ate vergonha em te dar o meu endereço rsrsrs

°•ஜ♥ Sol ♥ஜ•° °•ஜ♥ ♥ஜ•° disse...

Ñ sinta vergonha, cada pessoa tem seu estilo, eu tbm gostei da maneira q vc escreve, deves continuar sempre escrevendo...abraço forte.