Quem sou eu

Minha foto
Escrever é materializar a imaginação.

Postagem em destaque

Caminhando...

A busca pela imortalidade é solitária e triste. Atryu

Stagran

Instagram

Seguidores

TRADUTOR

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

De Mansinho


Hoje abri a janela e vi que a primavera havia chegado, eu já não lembrava  o quanto ela era bonita, o inverno foi tão rigoroso que tive medo de sair, mas aos poucos fui colocando o rosto para fora, espiando tudo de mansinho...
Abri minha janela devagarzinho e deixei o sol tocar novamente em meu rosto, agora já com sinais de um tímido sorriso...
Fiquei horas olhando para rua onde notei as crianças que brincavam...Ouvia o som que o vento trazia do sorriso dos pequenos... Senti uma pontinha de inveja e desejei ser criança novamente.
Lembrei do gosto do algodão doce, da pipoca com melado das balas de goma que tanto eu comia. 
A brisa suave insistia em me dar às boas vindas, me convidava para passear sobre as árvores floridas e enfeitadas com cores vibrantes.
Senti-me um pouco constrangida com o convite tão amável e acabei deixando-me levar... Fui até os montes bem altos... Com os olhos fechados eu vi coisas lindas... Entendi que não é preciso ter olhos para poder ver coisas belas, pois tudo pode ser belo quando deixamos o inverno de lado e abrimos o nosso coração para a vida.
Senti meu rosto corar quando um passarinho beijou meus lábios... Senti que o amor estava não nas coisas que queremos, mas nas que não percebemos!  Então eu sorri...
Fiz um suave carinho em uma flor cor-de-rosa que me olhava com seu olhar delicado, dei um abraço em uma nuvem branquinha que passeava por perto, beijei o rosto de um beija-flor, o qual me olhava com carinho.
Passei alguns instantes pensando naquele momento mágico que eu estava novamente experimentando.
Observei tudo em minha volta e junto com o final do dia fechei minha janela e voltei para dentro conversar comigo mesma...

Atryu.

Nenhum comentário: