Quem sou eu

Minha foto
Escrever é materializar a imaginação.

Postagem em destaque

Caminhando...

A busca pela imortalidade é solitária e triste. Atryu

Stagran

Instagram

Seguidores

TRADUTOR

sábado, 10 de julho de 2010

Sonhei



















Olhava eu, para um ser perfeito e especial. 
Sua beleza radiante simplesmente roubava meu olhar.
Um cheiro agradável eu experimentava, o frescor da juventude me paralisava.

Sua pele firme e alva como flocos de neve me prendia ao contemplar tanto encanto.
Envolvi-me em seus braços másculos e viajei na imensidão que me era oferecida naquela tarde fria.
Loucuras sem limites eu experimentei...
Em um oceano profundo mergulhei!

Teu cheiro me entorpecia e ébria me encontrava quando tua boca delicada me tocava.
O sangue fervia...Eu simplesmente gemia, estremecia!

Um anjo maravilhoso eu abraçava e soluçava!
Pois compreendia,
O que sentia, era somente fantasia!

Corpos colados e entregues ao delírio da paixão.
Momentos roubados em um momento de ilusão.

Horas de reminiscência,
Julgados por demência!
Procurando suprir uma real ausência.

Momento eterno, encontro de duas almas desesperadas, separadas, apaixonadas!

Corpos que se entrelaçavam, encaixando-se perfeitamente, partes que se colavam e não se desgrudavam... Apenas se amavam!

A chuva caia!
Eu apenas ouvia!
A mais linda das melodias!
Corpos suados dançavam colados, no compasso e harmonia dos astros sem qualquer embaraço...

Ali eu te amei
Na  tarde em que sonhei...
Que agonia quando acordei!

Sofhia.

Nenhum comentário: